.

Este blog pertence ao Tradicionalista Sérgio Spier, vulgo Pepecão (nome artístico) para os correligionários da tradição que me conheceram nos anos 70, 80. Posto discussões da Política e do Tradicionalismo vigente além de temas didáticos para pesquisas culturais.


16 de mar de 2011

PRIMEIRAS REALIZAÇÕES

(Editorial do presidente do MTG, publicado no jornal Eco da Tradição, edição de março de 2011) Uma das premissas de minha vivência tradicionalista sempre foi a transparência e a abertura para a construção de novas soluções a partir do diálogo. Em dois meses de gestão, embora seja um tempo exíguo e basicamente destinado à apropriação da situação em que se encontra o Movimento Tradicionalista Gaúcho, acredito que a gestão Sempre MTG começa a apresentar os primeiros resultados.

Uma das primeiras realizações foi a inovação no cartão tradicionalista, que agora trará só poderá ser feito através do número do CPF (Cadastro de Pessoa Física). Como todos sabem, o cartão tem o mesmo significado de uma carteira de identidade para o tradicionalista. Assim sendo, temos a obrigação de fornecer o máximo de segurança possível, evitando roubos e fraudes. A inserção do número do CPF tem justamente esse propósito, o de aumentar a segurança para o tradicionalista. Também conseguimos confeccionar todos os cartões em atraso, enviados até o Congresso Tradicionalista, em janeiro passado. Inclusive, deixo aqui um alerta para que quem não tenha recebido o mesmo, favor entrar em contato com a secretaria do Movimento, tendo em mãos os comprovantes de envio da documentação.

Também promovemos, em fevereiro, uma reunião no dia 19, no 35 CTG, reunião de posteiros, diretores artísticos e patrões, em um encontro que lotou a entidade tradicionalista. Naturalmente, que muitas ideias vieram à tona e, como em qualquer democracia, torna-se praticamente impossível encontrar alternativas que agradem à todos. Porém, a minha função como dirigente da entidade maior dos gaúchos é promover o debate e mantê-lo sempre no âmbito do respeito e do diálogo, assim como foi feito.

Ainda no mês passado, foram eleitos os novos integrantes do Conselho Deliberativo da Fundação Cultural Gaúcha, o qual terei a honra e o compromisso de assumir como presidente. A Fundação funciona como braço operacional do Movimento, tendo um papel importante para o desenvolvimento de nossas atividades. Como manifestei em entrevista para este mesmo jornal, quando ainda candidato, irei trabalhar principalmente para que mecanismos de controle da instituição possam ser fortalecidos, no intuito de resguardar o nome e a imagem não só da FCG, como do tradicionalismo em geral.

Para este mês, os olhos de todo o Rio Grande estarão voltados para Santo Augusto, onde acontece a Festa Campeira (FECARS). Faço aqui um chamamento a todos os tradicionalistas para que compareçam ao evento e promovam um belo espetáculo, digno do que há de melhor na arte campeira gaúcha. Não é preciso relembrar que o Regulamento Campeiro está ao alcance de todos e que, se ele existe, o mesmo deve ser cumprido. Não pretendo afirmar que não exista falhas em sua construção e que não careça de melhorias, porém, o local para se discutir isso é outro e não durante o andamento da festa. Também agradeço antecipadamente o trabalho do Diretor Campeiro do MTG, José Delmar Pinheiro, por todo o serviço prestado ao Movimento e saúdo a chegada do companheiro Nilton Brum, que tomará posse do cargo durante as festividades em Santo Augusto, desejando-lhe sucesso em sua empreitada.

Erival Bertolini

Presidente do MTG

POSSE E ANIVERSÁRIO DO CTG CHILENA DE PRATA